fbpx

Tem 0 produtos no seu cesto

O SEU CARRINHO ESTÁ VAZIO DE MOMENTO.

Fortalece o teu sistema imunitário naturalmente

 

Mais do que nunca torna-se fundamental ter o sistema primário de defesa do nosso organismo, o nosso sistema imunitário na sua máxima força, pois é ele que nos ajuda a combater os agentes patogénicos – Vírus, bactérias, fungos, entre outros- que nos podem debilitar e levar à doença; um sistema imunitário fraco é uma porta aberta à entrada de agentes agressores perigosos!

Sono 
Dormir bem em qualidade e quantidade, é um dos fatores mais importantes para fortalecer a nossa defesas, sabe-se que quando dormimos menos horas do que as recomendações, o nosso sistema imunitário enfraquece, entre outros fatores, contra ataques de vírus. Com o cair da noite e a diminuição da luz começa a aumentar a melatonina, hormona que regula o nosso sono. Nesta fase devemos portanto evitar progressivamente, à medida que nos aproximamos dar hora de dormir, dos e aparelhos e fontes que produzem luz, nomeadamente a luz azul pois diminuem a melatonina dificultando o processo de inicio do sono. Devemos também evitar refeições extremamente abundantes e fazer atividade física vigorosa perto da hora de dormir.

Atividade Física
O Exercício físico é um dos melhores aliados para fortalecer o nosso sistema imunitário uma vez que parece aumentar a resposta das nossas células de defesa, de primeira linha, os NK – Natural –Killer. Estas células, que podemos comparar com umas autênticas “forças especiais” produzidas pelo nosso corpo, são altamente eficientes e protetoras contra organismos patogénicos como os vírus. Tal como em tudo, o exercício deve ser moderado e equilibrado, pois o excesso pode levar a uma imunodeficiência.

Alimentação e suplementação
Realmente o que comemos é muito importante pois vai fornecer os nutrientes e sustâncias fundamentais para os nossos sistemas funcionarem normalmente- neste caso sistema imunitário- como também evitar “criar” um ambiente benéfico à génese da doença. Uma dieta alcalina rica em vegetais, verduras, tubérculos, raízes, frutas e sementes é  rica em vitaminas como a vitamina A, C, E e minerais como o zinco, selénio para além de fitonutrientes que podem dar uma força extra ao seu sistema imunitário. Evitar as gorduras trans e hidrogenadas que podem causar inflamação e optar por boas fontes anti-inflamatórias como as ómega 3 são também uma boa opção. Hidratos de carbono pouco refinados e de moderado ou baixo índice glicémico bem como boas fontes de proteínas com boas gorduras e ferro são uma bela opção.

Existem também suplementos, até porque por vezes é difícil equilibrar a dieta, nos dias que correm, que podem ajudar bastante, tais como a proteína Whey, a Vitamina C e os probióticos. Os cogumelos Reishi, Shiitake bem como o extrato de alho envelhecido podem ser um ótimo auxílio!

Meditar
A meditação está cada vez mais a ser um foco de interesse em várias áreas da nossa saúde e uma deles é na possível redução do stress e dos malefícios associados. Ao que parece, o ato de meditar não só pode estimular diretamente o nosso sistema imunitário, pois pode aumentar o nosso grau de felicidade – a positividade parece estar ligada a um maior estimulo do sistema de defesa – como pode diminuir o stress que per si parece relacionar-se com a inflamação e imunossupressão.

Agora que já tens as dicas, fala com os especialistas na área e proteje-te desde já!

Tags
Miguel Casimiro
Product Manager | Nutrição desportiva
Excellence means making hard things look easy.