O Alívio da Ansiedade pela Actividade Física

O exercício físico é um dos principais métodos naturais recomendados pelos profissionais de saúde no tratamento da ansiedade e depressão. A libertação de endorfinas proporcionada pelo exercício físico consegue-nos dar uma sensação de bem-estar, que em muito nos pode ajudar em situações de stress e ansiedade.

Quando o stress afecta o cérebro, com as suas muitas dependências nervosas, o resto do corpo também acaba por sentir o impacto. As endorfinas mencionadas anteriormente, agem como analgésicos naturais não só melhorando o humor mas também a qualidade de sono.

Relação do Exercício Físico para Transtornos de Ansiedade

Embora os benefícios do exercício para a saúde física sejam frequentemente discutidos, os benefícios psicológicos são frequentemente negligenciados.

Indivíduos que sofrem de ansiedades crónicas muitas vezes envolvem-se em actividades físicas extenuantes de forma aliviar os seus sintomas. Isto não quer dizer que tens de pegar nos teus ténis de corrida e fazeres da nada uma maratona, mas a verdade é vários estudos relatam uma ligação forte na diminuição dos sintomas destes estados psicológicos e o exercício.

A libertação de endorfinas varia de pessoa para pessoa, e que a mesma quantidade de exercício que uma pessoa pratica não terá exactamente os mesmo efeitos que outra. Segundo estudos, tanto o exercício aeróbico quanto o treino de força  ajudam na melhoria de estados de ansiedade quando realizados regularmente. Os seus efeitos são semelhantes aos da meditação e do relaxamento regular.

Enquanto o exercício não é de modo algum um substituto para medicação e/ou apoio psicológico, pode ajudar imenso na melhoria de estados de ansiedade. Treinar ajuda-nos a regular a adrenalina, a substância química que nos dá resposta de luta ou fuga ao perigo. Por este motivo, o exercício pode, por vezes, ajudar aqueles com distúrbios de ansiedade e a minimizar o seu pânico.

Dicas que te podem ajudar a gerir o teu stress

  • Corre, caminha, anda de bicicleta ou dança três a cinco vezes por semana durante 30 minutos;
  • Define pequenos objectivos diários e aponta para a consistência diária em vez de treinos perfeitos. É melhor andar todos os dias de 15 a 20 minutos do que esperar até o final de semana para uma maratona de fitness de três horas;
  • Encontra formas de tornar o teu treino divertido. Pessoas extrovertidas geralmente gostam de aulas e actividades em grupo. Pessoas que são mais introvertidas geralmente preferem treinar sozinhas;
  • Ouvir música durante o treino ajuda imenso na motivação;
  • Arranja um parceiro de treino. Geralmente, é mais fácil manter a rotina de treino quando te comprometes com um parceiro de treino;
  • Sê paciente ao iniciares um novo programa de treino. A maioria das pessoas sedentárias precisa de cerca de quatro a oito semanas até se tornarem mais autónomas e motivadas para continuar o seu treino.

Conclusão

Se sofres de depressão crónica ou ansiedade, sem dúvida que sabes melhor que ninguém as batalhas que tens travado até ao momento. No entanto, é importante não deixar que os desafios te deixem num estado de desespero mais profundo.

Mesmo que o exercício físico regular combinado com apoio psicológico não só pode elevar o teu espírito por algum tempo assim como também proporcionar alguma motivação extra.

Ana Andrea Alves
Senior Nutritionist | Coordenadora Técnica
Excellence means doing your best