Enzimas Digestivas – a importância para a nossa Saúde

O que são enzimas digestivas?

As enzimas são proteínas biologicamente ativas que desempenham um papel fundamental no corpo humano. Quando comemos, não absorvemos os alimentos, mas sim os nutrientes desses alimentos. As enzimas digestivas são importantes no processo de decompor macronutrientes – como hidratos de carbono, proteínas e gorduras – em partículas menores de nutrientes. São por isso consideradas essenciais na digestão dos alimentos e na absorção dos nutrientes. O que torna as enzimas diferentes das outras proteínas é a forma como se comportam no nosso corpo.

A vida das enzimas no nosso organismo.

Quando somos jovens, o nosso corpo cria todas as enzimas necessárias para uma digestão saudável e completa. Mas à medida que envelhecemos, essa produção começa a desacelerar. Com o tempo e mesmo tendo uma alimentação saudável e equilibrada, começamos a ter carência destas enzimas que são cruciais para uma boa digestão e para um bom funcionamento do nosso organismo. Quantidades baixas de enzimas digestivas levam a vários problemas digestivos como gases, dor e desconforto, o que pode levar ao enfraquecimento do sistema imunitário.

Idealmente reabasteceríamos as enzimas que precisamos através dos alimentos que comemos. Por exemplo os alimentos crus, especialmente orgânicos, estão cheios de enzimas quando colhidos. Contudo, quando aquecemos esses alimentos a 118 graus ou mais, as enzimas que eles contêm são destruídas. Isso significa que todos os alimentos processados, enlatados ou cozidos que comemos não contêm enzimas.

Tipos de Enzimas Digestivas

Bromelina e Papaína –  Enzimas proteolíticas de origem vegetal, estão presentes no ananás e na papaia. Para além de participar na digestão das proteínas têm também efeito anti-inflamatório.

Protéases –  Enzimas indispensáveis para a digestão das proteínas. As protéases permitem que as proteínas sejam separadas em pequenos grupos de aminoácidos (di e tri péptidos) e em aminoácidos isolados, permitindo assim que estes elementos de tamanho mais pequeno possam ser absorvidos pelo organismo.

Amílase – Esta enzima esta presente desde o início da digestão. Encontra-se na saliva e posteriormente no intestino. Esta enzima ajuda a separar as complexas estrutura de hidratos de carbono em pequenas estruturas simples que são posteriormente absorvidos pelo organismo.

Láctase – Uma enzima que se encontra no intestino e é específica para a separação da lactose (açúcar do leite).

Conclusão

Para ajudar a combater a gradual carência de enzimas, a suplementação é uma ótima solução. Consumir enzimas digestivas à refeição garante que os níveis de enzimas sejam suficientes para processar os alimentos que comemos.

Podes encontrar enzimas digestivas nos nossos produtos: Total Whey, Pure Mass, Wonder Whey, Shake it Out e Kyo-dophilus® com enzimas.

.

Tags
Ana Andrea Alves
Senior Nutritionist | Coordenadora Técnica
Excellence means doing your best